UNMDP > Facultad de Humanidades > Publicaciones > Revistas

 

Estudios de Teoría Literaria - Revista digital: artes, letras y humanidades - Año de inicio: 2012 - Periodicidad: 2 por año
https://fh.mdp.edu.ar/revistas/index.php/etl - ISSN 2313-9676 (en línea)

Comentarios del lector/a

Teoria DO DUPLO VÍNCULO

por João Cauã Pereira (2018-04-24)


tratamento para ansiedadeObter a história genética da família. Entrevista da menina/jovem — dúvidas, observação e definição de seu estado intemo. Avaliar o procedimento de pensamento e sintomas psicóticos. Perguntar a toda a hora sobre isto tendências suicidas/homicidas e comportamento imprudente (emprego de drogas, infrações da lei, atuação sexual) e a respeito históna de traumas. Funcionamento escolar e relacionamentos interpessoais precisam ser avaliados para determinar o comprometimento do desempenho do jovem e as necessidades educacionais. Por esse caso foram utilizados dois canais de comunicação (a fala e a expressão facial) na mensagem duplo-vinculadora. Por esse exemplo houve uma comunicação paradoxal ou duplo-vinculadora, dado que não se utilizou uma linguagem direta, sincera e objetiva, afirmando um não ou um sim definitivos. Caso a mãe mostrasse sua avaliação clara e sincera não teria sido tão crítico, uma vez que haveria um impasse claro. Em essência o diagnóstico é feito pelo médico psiquiatra que dará um tratamento medicamentoso adequado pros sintomas mais graves. Delírios: modificação da capacidade cognitiva e uma ideia fixa e inquestionável que costuma ser acompanhada de um sentimento de perseguição (paranóia). Isto é o que costuma afetar aqueles moradores de avenida, que eles podem confiar que são vítimas de um complô ou uma conspiração de alguma população secreta que visa domar o mundo. Os delírios costumam ser de assunto bizarro como uma pessoa que se acredita um enviado ou figura sério (megalomania) ou uma pessoa que tem poderes especiais sem que aquilo se comprove pela prática.

INDIFERENCIADA: Este diagnóstico se aplica àqueles casos que sendo verdadeiras esquizofrenias não reúnem as condições de nenhuma das formas anteriores. Poderá-se utilizar como uma "gaveta de alfaiate" psiquiatras em curitiba que se adiciona aqueles pacientes impossíveis de serem estabelecidos. O tratamento dos processos esquizofrênicos conseguem continuar reservados pro psiquiatra. Requer o emprego de remédios difíceis de usar, tal pela limitação dos seus efeitos como pela quantidade de reações adversas que podem produzir. Sintomas "positivos", ou produtivos.

4- "Quando temos que buscar ajuda médica para essa pessoa?" Resposta: A todo o momento deve ser buscada a ajuda médica nos casos suspeitos de depressão. Afinal, além de a depressão ser patológica, há numerosos casos de depressão que tem de ser diferenciadas, como alertava o prof. NOBRE DE MELO (op. A leitora poderia contra-argumentar: e se a "depressão" for conseqüente à ação de um obsessor (como é freqüente a idéia no movimento espírita) ? A mortalidade dos portadores de TBH é elevada, e o suicídio é a causa mais freqüente de morte, principalmente entre os jovens. Estima-se que até cinquenta por cento dos portadores tentem o suicídio ao menos uma vez em suas vidas e 15% efetivamente o cometem. Assim como doenças clínicas como obesidade, diabetes, e problemas cardiovasculares são mais freqüentes entre portadores de Transtorno Bipolar do que na população geral. O começo dos sintomas pela infância e pela adolescência a cada dia que passa é mais descrito e, em função de peculiaridades na exposição clínica, o diagnóstico é difícil.

Eventos perinatais e complicações durante o parto podem causar danos ao hipocampo e córtex cerebral por causar hipóxia ou isquemia. Desse modo, eventos que afetam o desenvolvimento cerebral ao longo da gestação e o tempo perinatal estão definitivamente relacionados à esquizofrenia. Não obstante, numerosas restrições precisam ser feitas. Apesar de que significativos esses efeitos são de uma pequena magnitude e conseguem explicar só uma pequena porcentagem dos casos. Por intermédio da década de 1980, estudos utilizando ressonância magnética nuclear (RMN), técnica de imageamento mais sofisticada que a TC, têm permitido a avaliação de pacientes esquizofrênicos vivos e não medicados com incrível resolução anatômica.

Com um professor paciente ou um curso, essas objeções podem ser superadas. Qualquer pessoa pode meditar, mesmo que as primeiras sessões sejam curtas e devem ser guiadas. Tomar tranqüilizantes, o que pra várias pessoas inquietas é a única maneira de se sentirem melhor, não é uma barreira pra meditação. Imensos estudos científicos constataram que a meditação é competente no tratamento da ansiedade. Uma pesquisa comparou os resultados de 163 estudos diferentes. O transtorno afetivo bipolar era denominado até bem pouco tempo de psicose maníaco-depressiva. Esse nome foi abandonado, principalmente, em razão de ele não apresenta necessariamente sintomas psicóticos. Na verdade, pela maior parte das vezes, esses sintomas não aparecem. Com a modificação de nome, esse transtorno deixou de ser considerado uma perturbação psicótica para ser considerado uma perturbação afetiva. O começo desse transtorno, normalmente, fornece-se ao redor dos 20 a trinta anos de idade, sendo mais incomum em idades avançadas. O início pode ser tal pela fase depressiva como na fase maníaca, iniciando gradualmente ao longo de semanas, meses ou abruptamente em poucos dias.